quarta-feira, 25 de julho de 2007

Surpreendida

...fiquei eu quando ontem, ao chegar a casa a horas impróprias para uma mãe de muitos, me é servido um jantar delicioso feito pelo pai. Tive direito a sopa, de ervilhas com alho francês, fez questão de me elucidar, e a massa com carne, guarnecida com dois tipos de legumes!!!
Vejo-me por isso no dever de corrigir a imagem que transmiti dos (poucos) dotes culinários do R., podendo até afirmar que ele passou com nota máxima no teste da sopa.
Não importa se comi tudo de pé (porque já toda a gente tinha jantado e a minha consciência não me deu direito a descanso), mas a verdade é que me agradou especialmente esta novidade, depois de vários anos a tentar convencê-lo a aprender a cozinhar, aliás, a ter vontade de aprender a cozinhar.
Cheguei à conclusão que não foi a vontade que o fez cozinheiro, mas antes a necessidade.
De uma forma ou de outra o resultado foi excelente e eu já não me sinto tão insubstituível nestas lides domésticas.
Está a ficar um homenzinho o pai dos meus muitos!!!

4 comentários:

ticopei disse...

Muitos parabens ao R. E parabens a ti também pois é uma grande ajuda,e um descanso. Eu sei bem o que isso é pois também chego muitas vezes tardíssimo a casa, e o meu querido toma perfeitamente conta dos meninos.

Sophis disse...

O meu homem não sabe cozinhar - e acho sinceramente que ao fim de tantos anos não vai aprender. Com excepção para a omeleta, que se tornou um ícone, às terças-feiras, dia em que nunca estou em casa em casa e...a necessidade obriga. Quando o João era mais novo, a educadora chamou-me para me contar que já sabia tudo: "a mãe não sabe fazer omeleta! só o pai..."

Dina disse...

Bati muito mal! O R. a fazer sopa?? Lol Só faltava eu para provar....

Ana Paula disse...

Parabéns pelo pai dos muitos! Eu não tenho tal sorte! O meu só tenta fazer doces, mas o estado em que me deixa a cozinha e o facto de precisar assistência até para partir os ovos faz-me pôr um definitivo sinal de proibição na porta da cozinha!!! Dá-me mais trabalho do que me poupa!