quinta-feira, 19 de julho de 2007

Cheira a broa


...e foi o J. que a fez. Broa de Avintes, com direito a chouriço e tudo.

Foi preparada e cozida aqui, durante as Oficinas de Verão que tão bem o têm ocupado esta semana.

Ele estava radiante e eu fiquei esfomeada só ao sentir aquele perfume a pão acabado de cozer.

Ao admirar aquele trabalho, reacendeu-se a minha esperança em ter em casa alguém que cozinhe para além da mãe (o pai ainda não passou da lição das tostas mistas e das torradas e mesmo estas nunca aparecem ao pequeno almoço...).

É que ele nesta semana também fez gelatina com fruta aos pedaços, que fez as delícias da nossa sobremesa.

Mas como o J. também tem uma certa queda para o negócio, tratou de vender logo a broa e eu, para dar ânimo ao seu esforço, até lhe paguei 2 €, pensando estar a comprar a broa inteira. Enganei-me, comprei apenas metade, quase reduzida a 1/4 e praticamente sem chouriço, porque a outra metade era "para mostrar às pessoas que pudessem estar interessadas em comprar às fatias".
É bisneto de merceeiro e está tudo dito!
P.S.- "Ó J., já pus a fotografia da tua broa na Internet".
Responde: "Eh mãe, tu és jornalista?"

2 comentários:

Dina disse...

Come rapido a tua,senao ele apanha-a e volta a vender!

ticopei disse...

Tão habilidoso que ele é! Está com um aspecto óptimo. Quero a receita!