terça-feira, 19 de agosto de 2008

às voltas com a volta


Há dias acordei com vontade de voltar a pegar nos bilros.
Esqueci parte das voltas, meias voltas e torcidos. A pregar também não estou segura.
Então voltei aos livros, e dei a volta ao enguiço...




Ela viu-me e teve vontade de voltar aos dela.

Depressa retomou o jeito e consolou-se a dar voltas.

Afinal, dar a volta, é como andar de bicicleta!!!

5 comentários:

maman xuxudidi disse...

É fascinante, mesmo se para mim é como o chinês!

Helena disse...

Que espectáculo... adoro ver rendas de Bilros nas feiras de artesanato. Adorava saber fazer :)

Tereclopes disse...

Tal mãe, tal filha...e isto já vem de mais longe não é? Parabéns às duas e beijinhos

Belém disse...

Começam a aprender a música e depois ficam a gostar das voltas e mais voltas que os bilros dão.

Anónimo disse...

é pena aqui por Lisboa não se ensinar esta arte não faltava aprendizes , livros e esquemas nem pensar ,é uma miragem
eu sou a tina que gosta de trabalhos de mão( handwork)