segunda-feira, 31 de março de 2008

rapper


O G. é o mais radical dos meus filhos.

Por ter dois "mestres do saber" sempre a puxar por ele, o G. vive a um ritmo alucinante que às vezes nem eles o conseguem acompanhar.

Já levou mais pontos na cara que os irmãos juntos no corpo todo.

Partiu um tornozelo a um Domingo e queixou-se só na 4ª feira...e isto tudo ainda só tinha dois anos de idade.

É raro fazer queixas dos outros, porque responde de imediato da mesma forma (ou até pior...)

Está quase sempre em liberdade condicional no infantário, por ser um menino um bocadinho endiabrado...

A última que fez foi em sociedade com um amigo, às escondidas da educadora, em que colocaram uns papelinhos dentro dos ouvidos. Só ao tomar banho é que vi tal proeza e ele diz que sim, que foi ele que pôs lá os papelinhos mas a ideia não, essa não foi dele, foi do outro.

Depois de "pescar" os ditos, ainda fizemos uma visita ao nosso amigo já passava das 22h, que me sossegou com uma limpeza extra aos ditos buraquinhos.


Mas o G. tem tanto de rebeldia como de meiguice e dá os beijinhos mais doces do mundo!!!
Não adormece sem um abraço e um beijo e mais um abraço e outro beijo.
Levanta-se uma média de 5 vezes para saber se eu estou, se estou bem, o que é que estou a fazer, se ainda estou a trabalhar, porque é que não vou dormir...


uns tempos que anda numa onda rap...yooo...e às vezes entra no infantário a dar os bons dias...yooo....a dizer "Olá pessoal"...yooo...


Na semana passada, em que o fim de tarde deu tempo para usar as tintas, pintou este "mano".


yoooo....


5 comentários:

Marta Mourão disse...

Eu gosto de miúdos assim vivaços, acho que é bom sinal serem assim tão irrequietos como o teu :)

maria da graça disse...

Temos artista !

Tereclopes disse...

Tal e qual o meu filho André quando era pequeno, reguila, vivaço sempre pronto para a pancada na escola, nos intervalos era o terror das miúdas, até fui lá chamada por este motivo, mas ao mesmo tempo era um doce, muito terno e a gostar muito dos nossos mimos. Hoje é um homem com quase 29anos, é calmo e sereno nada a ver com a electricidade que tinha quando criança. Continua a gostar muito de mimos mas fingindo que não...

DONNA LÚ disse...

Sabes que o meu J. era assim tb, não parava um minuto, e sempre com uma criatividade espantosa. E sempre foi o mais carinhoso, o mais mimalho... Já tem 17 anos e continua a adorar miminhos, a pedir beijinhos de boa noite, carinhos... E se te serve de consolo, já está muito mais calmo. Deve ter gasto todas as energias numa fase mais precoce! rsrs
Bjs

Juliana disse...

Bom Dia!
Parabéns pelos seus trabalhos, muito lindos, sou do Brasil, tenho uma Empresa de Réguas e Moldes para patchwork, depois dá uma olhadinha no nosso blog: www.patchtecreguas.blogspot.com
Beijinhos e bons trabalhos
Juliana Durães