segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Mais um dia de Carnaval!


Aqui em casa o Carnaval é só mais um dia em que eles se disfarçam.
Aliás, as roupas de Carnaval de outros anos são quase tão usadas como os fatos de treino e as sapatilhas. Então nas festas de aniversário, elas atingem a taxa de utilização máxima, ainda que o pêlo do coelhinho chegue só até aos joelhos ou a saia da princesa se arraste pelo chão. Serve sempre a quem veste, de uma maneira ou de outra!
Por essa razão, todos os anos, a escolha dos disfarces é da responsabilidade deles, com o limite (inegociável) do plafond máximo e das características dos acessórios, sem cortantes nem "espetantes".
Assim, já tivemos coelhos, abelhas, dragões, tigres, soldados, um tele-tubie, um capuchinho vermelho, uma princesa e um incontornável zorro.
Este ano, excepcionalmente, os disfarces foram decididos em cima do acontecimento, mas a sorte não podia estar mais do meu lado.

Houve um Pirata das Caraíbas, correcção, Jack Sparrow, que o artista não permite confusões, com uns colares pendurados à última da hora.


Houve também um "poner" ranger, com poderes especiais, depois de rejeitado o Peter Pan (mas onde é que eu tinha a cabeça quando pensei que o meu pequeno ninja se ia vestir de verde...)


Mas a escolha mais acertada foi sem dúvida a da L., às voltas com vestidos de princesas, e fadas, e outros brilhos que ela ignorava, encontra um único exemplar (e mesmo do seu tamanho) de miúda da claque do High School Musical, de que ela é fã desde a primeira apresentação mesmo quando não entendia uma palavra do que o Troy dizia à Gabriela. E à falta de cabelos negros para ficar igual à protagonista, espetamos uns totós no ar com pompons a condizer. Não podia estar melhor!


De cortejo em cortejo, pude vê-los a desfilar cheios de cor, a iluminar o dia cinzento.

4 comentários:

Lou* disse...

:)

Belém disse...

Eles iluminam até um dia de sol :)

Mónica disse...

E a dificuldade que é conseguirmos sair sem fantasias de tua casa!!!! :)
Cá em casa tb dão bastante uso às fantasias.

Tereclopes disse...

Que lindos e alegres que eles estavam,parabéns Isabel onde pões as mãos dás sempre um toque especial às coisas, isso é um dom sabias?
Beijinhos