quarta-feira, 15 de agosto de 2007

"Patchworking"


Para manter a minha reputação no seu melhor nível, iniciei este Verão (mais) um novo projecto, agora em patchwork, que é a minha grande paixão no momento.

Li, procurei, comprei vários (muitos) livros, revistas, tecidos e outros materiais até ganhar coragem para "meter" a tesourada.
Já está, já comecei, já decidi materiais, cores, tamanho e destino: a cama do G.
(Já que me aventurei num primeiro trabalho a fazer uma colcha, pelo menos tinha que ser a de uma cama de solteiro...).

Entretanto, e como este trabalho não pode ir para a praia, nem viajar de comboio, lá vai comigo o meu quase "eterno" crochet de Verão. Apercebi-me entretanto que é, ele próprio, também um projecto de patchwork, já que é composto de vários quadrados com diferentes desenhos, embora trabalhados todos ao mesmo tempo (o que me fascinou quando o iniciei pr'aí há 10 anos atrás!!!).

Isto do crochet e da praia é já uma velha amizade.

Desde que me conheço como moça que levo uma rendinha para fazer na praia, porque a minha mãe também levava, a minha tia também levava, e a irmã da minha tia igualmente, e lá estavam as parolas todas a crochetar na praia... Eu era, e ainda sou, a parola-mor, porque se há sítio onde eu adoro fazer crochet de algodão...é na praia!

5 comentários:

Anónimo disse...

Isso é que é paixão e tradição! Quem pensava que eram incompativeis, praia e crochet, que se desengane. :-))))
Tenho a certeza que a colcha vai ficar linda.
Ah, cá em casa tb já está aberta oficialmente a padaria caseira. Aprovadissímo!
Agora, só falta mesmo pilim para a outra. :-)
Jinhos
Monica & Ca.

isabel disse...

@monica
Então boas fornadas!

Concha disse...

Boa sorte para a colcha em patchwork! Eu ainda não tive coragem para me lançar numa empreitada dessas... Gosto muito da escolha de tecidos!

APO disse...

bem , já percebi que esse crochet de praia é um never ending project!! Eu era mais o livro que levava para a praia, às vezes mais k um e revistas ou jornais, mas agora com a M. a atençao é pouca para ver por onde anda ela, não dá mesmo para olhar para mais nada! A rapariga não pára um instante! Nem posso ficar sentada quanto mais dar-me ao luxo de dar atençao ao k ker k seja mais!
quanto ao quilt, parece-me mto bem encaminhado, adoro o tecido dos meninos à beira rio, maravilhoso! Força!... Que eu ainda não ganhei coragem para me propor ao mesmo!
bjinhos

isabel disse...

É o Tom Sawyer e o seu amigo Huck!