domingo, 6 de maio de 2007

Dia da mãe

Quando já é quase o dia seguinte, ainda vou a tempo de começar este espaço de partilha de emoções e de experiências no dia que justifica estes meus desabafos. Que dia melhor para a primeira página de uma mãe se não o próprio dia das mães.
O nome que identifica este espaço foi dado por uma das filhas de uma grande amiga minha que, sem saber qual era a Isabel que ocupava a sua mãe ao telefone, perguntou se era "a mãe dos muitos".
E eles afinal não são assim tantos, apenas três, mas que já dão direito a titular esta família como uma família numerosa.
E, de facto, há horas do dia em que eles são tantos....parece que se multiplicam por cada membro que os compõe(superiores e inferiores), sobretudo quando eles se cruzam ferozmente entre si.... Só para dar um exemplo, quando é dia de cortar unhas, sem contar com as minhas nem com as do pai, que vai dando conta do recado sozinho, são logo 60 para aparar.
Com este cenário, até parece inconsciência criar um blogue quando há tanta coisa em casa por fazer...mas a ideia é mesmo essa, até porque as outras tarefas, por não se acabarem sozinhos, acabam sempre por esperar por mim. Mas as memórias dos momentos extraordinários que vivo com os meus filhos, vão-se apagando com o tempo e isto dos albuns escritos à mão já não é para a geração destes meninos. Assim, espero que os meus filhos se riam um dia com o que a mãe se foi lembrando e registando do seu precioso dia a dia, aqui partilhados quando eles já estão na sagrada hora do sono. E que lindos que eles são de olhinhos fechados e deitados no quentinho da sua (ou da minha) cama...
A criação deste espaço neste dia especial foi de facto importante para mim, ainda mais porque hoje até consegui estar com os meninos mais tempo que o costume, pude-me sentar um bom tempo a dedicar-me ao meu hobby preferido, que é tudo o que mexe com linhas, panos e agulhas, passei o dia com outra das pessoas mais importantes da minha vida aliás o meu anjo da guarda, que é a minha mãe e até consegui estar a escrever este post com os meus filhos acordados. É o verdadeiro milagre do dia da mãe...
Um beijo de parabéns a todas as mães de muitos, de poucos ou de nenhuns mas que, como nós, são mães do coração.

2 comentários:

CM disse...

Aqui está uma pequena grande mulher.
Parabéns pela iniciativa :-).

Beijos
Carla

Anónimo disse...

Era por aqui que eu queria ter começado. Faço questão de passados todos estes meses, agora que já sei deixar comentários, recuperar os "textos perdidos". Porque, como não tenho estes dons que tens, vou aproveitando para deixar também as minhas recordações. Espero que um dia, os teus meninos e as minhas meninas, saibam como passavamos 3/4 do tempo que estamos juntas: a falar deles, das nossas alegrias, das dúvidas, dos receios, das piadas inesqueciveis, como esta da "Mãe dos Muitos".
Quem diria, que passados alguns anos também sou Mãe de muitas? E que bom que tem sido.
Obrigada por te teres lembrado deste espaço.

Mãe das M&M's