quarta-feira, 7 de abril de 2010

Matilde




A Matilde é um elefante de tromba esticada, tem olhos dengosos e toque macio.
De cor azulada e do tamanho do abraço, dorme com a Leonor há mais de uma semana.
Depois de escolher o modelo, decidiu a cor e pediu pressa, muita pressa para ficar pronto.
Chama-lhe Matilde, que é o nome que gostaria de chamar a uma irmã, se assim acontecesse.

Hoje partiu dentro da mala que voou com ela para lá do oceano, onde também se canta em Português. Leva com ele o cheiro de casa, dos abraços da mãe, dos beijos do pai e das brincadeiras dos irmãos.

Conto com a Matilde para lhe aconchegar as noites e sossegar as saudades.

Às minhas, vou fazendo o que posso...

3 comentários:

natalia disse...

Olá, Isabel
Adoro os seus bichinhos de tricot!As cores, os modelos, o carinho em cada malha tricotada...
Bjs

natalia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Artur João disse...

Olá Isabel

Coincidências ....
A minha Matilde também foi até ao Brasil só que a minha é de carne e osso.
Quanto as saudades estou como tu vou fazendo o que posso
Mãe da Matilde
PS Gostei da tua Matilde