quarta-feira, 12 de novembro de 2008

ideias/idées


Um dia chamaram-me idiota e eu fiquei ofendida.


Depois explicaram-me que um idiota não é um parvo chapado mas uma pessoa com ideias, muitas ideias!


Se é assim ou não, nunca me interessei, porque esta é a versão que me cai melhor.



Por isso eu gosto tanto desta revista e dou várias voltas às páginas para sugar cada uma das tantas ideias que as imagens mostram. Ideias que talvez nunca venha a materializar mas que me ficam na mente (eu ia dizer na ideia, que é como se diz por cá) durante muito tempo.


Hoje foi dia de ir deitar a L., num tempo sem minutos só para mim e para ela.


Eles escolheram os dias de cada um e hoje o dia era da L..


A sugestão foi nossa, a escolha foi deles: a 2ª feira é do J, a 3ª do G. e a 4ª da L.

A 5ª feira é minha e do pai e a 6ª é dos 3, a anteceder 48 h a 5.


Deitamo-nos as duas a desfolhar uma revista das que a mãe gosta e que traz as bonecas que ela adormece no colo.


Escolhemos as roupas da próxima estação e fizemos ajustes ao gosto da dona, que quer uma boina em vez de um gorro, assim inclinada para o lado, estás a perceber?






Pela primeira vez a L. voltou a página e encontrou outras imagens, muitas ideias que geravam novas ideias na sua cabeça e que ela partilhava com um gosto que não lhe conhecia.



O estojo de alfinetes transformado em cartão de boas festas e os alfinetes podem ter flores, e botas de Natal e caras de urso (salvo seja!) e estrelas e assim e assado.








A árvore de Natal, então, cheia de laços pode esconder um chocolate ou outra surpresa, uma coisa boa e o primeiro que a descobrir tem direito a abrir o primeiro presente. Era boa, não era?!



Para ela pediu este cachecol, tal e qual, vermelho e branco, com os quadradinhos em baixo, assim como este, quentinho.



A ver se faço e passo a ideia para as agulhas...



8 comentários:

Virgínia disse...

Ainda ontem estava a pensar em ir ver se A Revista já tinha saído... Agora vou mesmo! Também adoro! E vou guardá-las para o resto da vida. Só tenho pena de só a ter descoberto este ano. Por acaso não sabes de alguém que queira vender os números antigos?

isabel disse...

Não sei onde se encontram as edições antigas da revista, mas os livros editados pela marie claire idées são uma compilação temática dos melhorse projectos que vêm sido publicados nas revistas ao longo do tempo.
Há alguns na loja:
http://www.napontadagulha.com/epages/171553.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/171553/Categories/Livros

Marta Mourão disse...

Não conhecia esta revista. Bela cliente tens tu aí em casa hein? :)

Tereclopes disse...

Aí está o que se pode chamar de um serão muito bem passado, lindas...
Beijinhos

Viver por Amor disse...

Que linda essa forma de destribui o tempo para cada um e especialmente para todos!:D

Uma ternura!:)

Não admira que esteja tão inspirada, a alegria ilumina-nos as ideias:D

***=)

Virgínia disse...

Isabel, por enquanto não me permito gastar dinheiro, mas quando isto passar, talvez ataque a tua loja! :) Bom fim-de-semana!

vera disse...

ah, eu adoro essa revista ... cada vez que volto à Europa compro-a mas desta vez acho que vou perder a edição do Natal ... que bom ver algumas paginas no teu blog ! :-)

Joana disse...

Também adoro esta revista. Já a colecciono há uns bons 9 ou 10 anos e no fim-de-semana passado pude senti-la ao vivo no salon marie claire ideés em Paris. Tenho a certeza qe terias gostado tanto quanto eu! Os números antigos encontram-se muitas vezes no ebay.fr :)